Vânia Bastos no show Concerto para Pixinguinha

Vânia Bastos no show Concerto para Pixinguinha Folder

(Wednesday) September 14, 2016 - 21:00

Theatro NET Rio - Rua Siqueira Campos, Nº 143 - 2º Piso- Copacabana (Map)

1 people attended

Report event

DESCRIPTION

O Theatro Net Rio tem o prazer de apresentar a cantora Vânia Bastos e o baixista e arranjador Marcos Paiva em Concerto para Pixinguinha . A dupla apresentará um CD em homenagem ao grande compositor, dia 14 de setembro, às 21h.
No repertório do show, Vânia Bastos interpreta músicas de Pixinguinha como Lamentos e Mundo Melhor (parcerias com Vinícius de Moraes) e Fala Baixinho (dele com Hermínio Belo de Carvalho) e o Marcos Paiva Quarteto apresenta as instrumentais Displicente, Recordações e São Lourenço no Vinho (todas de Pixinguinha, sendo a última em parceria com Benedito Lacerda).

Concerto para Pixinguinha
O CD Concerto para Pixinguinha inaugura o selo Conexão Musical, do produtor Fran Carlo, e além de clássicos como Carinhoso e Rosa, mostra obras menos conhecidas como Samba de Fato e Mundo Melhor.

Vânia Bastos conta que ficou surpresa ao receber de Carlo o repertório de Concerto para Pixinguinha .
“Eu nunca tive a oportunidade de me debruçar sobre a obra do mestre e ver toda essa riqueza”, diz a cantora. Opinião semelhante tem o baixista e arranjador Marcos Paiva, que divide o projeto com Vânia: “Fiquei maravilhado com a profundidade das composições e a inventividade dos arranjos, além da performance de Pixinguinha no saxofone. A energia dele tocando se compara a dos grandes instrumentistas que transformaram o mundo com sua música, como Miles Davis e John Coltrane, por exemplo”.
O show em homenagem a Pixinguinha vem sendo apresentado em várias capitais do Brasil, desde 2013, quando estreou, marcando os 40 anos da morte do compositor. Da banda participam os músicos Nelton Essi (vibrafone), César Roversi (sopros) e Jônatas Sansão (bateria).
Pixinguinha
Compositor, orquestrador, flautista e saxofonista, Pixinguinha, cujo nome verdadeiro é Alfredo da Rocha Viana Filho, além de compor obras que se tornaram ‘clássicos’ da nossa música, fez orquestrações para cinema e teatro, e arranjos para intérpretes famosos da época, como Carmen Miranda, por exemplo. É parceiro de Braguinha, Vinicius de Moraes e Hermínio Bello de Carvalho. Nos anos 1920, fundou o grupo Oito Batutas, que foi o primeiro regional brasileiro a sair do país para uma excursão internacional. Foram para a Europa para passar 30 dias, mas o sucesso foi tanto que ficaram seis meses.
Marcos Paiva analisa a figura e o trabalho de Pixinguinha: “Ele é tratado popularmente como gênio e tem sua obra sendo revista, além de ser tema de estudos acadêmicos. Tem mais valor hoje, que no final de sua vida. Apesar do grande prestígio, nos anos 1930 e 40, quando o entretenimento começou a ser mais valorizado financeiramente, houve um ‘embranquecimento’ do mercado. E por fatores históricos, de construção de uma identidade nacional, Pixinguinha e sua turma se tornaram a ‘tradição da cultura nacional’, que necessitava se modernizar. O típico deu lugar ao moderno. Eles caíram fora e com o tempo o trabalho foi ficando mais difícil”.
Vânia Bastos
Considerada uma das maiores cantoras do Brasil, do time das grandes intérpretes, Vânia Bastos tem recebido elogios da imprensa e do público pela impecável afinação e pelo rigor na escolha do repertório, ao longo da carreira. Tornou-se conhecida inicialmente por seu trabalho na banda Sabor de Veneno, de Arrigo Barnabé, com quem gravou discos importantes como “Tubarões Voadores” (1984). Em seus 30 anos de carreira, lançou mais de uma dezena de discos, alguns dedicados às obras de Tom Jobim, Caetano Veloso e à turma do Clube da Esquina. Três foram lançados no Japão e quatro na Europa. “Belas e Feras”, seu oitavo disco, voltado às compositoras brasileiras, rendeu-lhe uma temporada de shows, de muito sucesso em todo o país. Seu último trabalho, “Na Boca do Lobo”, mostra a obra singular de Edu Lobo.
Marcos Paiva
O baixista, compositor e arranjador Marcos Paiva é paulista e vive em S. Paulo, mas já morou e tocou em Minas Gerais e Rio de Janeiro. Tem um trabalho próprio de música instrumental, com vários discos, entre eles “Meu Samba no Prato - Tributo a Edison Machado” (2012), que rendeu críticas positivas na Folha de São Paulo, O Globo e Rolling Stone, por destacar essa ‘lenda’ da bateria brasileira. Atua ao lado de artistas como Bibi Ferreira e Zizi Possi, além do cubano Fernando Ferrer e da portuguesa Teresa Salgueiro, com quem viajou pela América e Europa.
Classificação: 12 anos
Duração: 60 minutos

Tickets available on: http://www.theatronetrio.com.br/pt-br/programacao/391/V%C3%82NIA_BASTOS_-_14_SET.html

(Wednesday) September 14, 2016

Vânia Bastos no show Concerto para Pixinguinha

Theatro NET Rio Rua Siqueira Campos, Nº 143 - 2º Piso- Copacabana Rio de Janeiro, RJ Brazil

Suggestion of event:

Varieté Cultural no Cinema He...

Varieté Cultural no Cinema Henfil!
Cinema Público Municipal Henf...

See all information

Suggestion of event:

VONA Flieg mit mir Tour 2017 ...

VONA  Flieg mit mir Tour 2017  Köln
Club Bahnhof Ehrenfeld

See all information